terça-feira, 30 de junho de 2009

Hopes and dreams

Odeio... como às vezes as coisas que nos surgem na vida como sendo quase impossíveis, nos iludem a vista com pistas e esperanças erradas... A forma como nos transportam para um mundo de fantasia, que na realidade até gostávamos de viver... mas que quase sempre, não passa disso... uma ilusão, um sonho, um desejo, uma utopia ou um momento efémero...
Odeio quando queremos esquecer uma dessas coisas quase impossíveis, e tudo à nossa volta nos faz pensar, num só minuto, que é fácil algo que durante anos nos pareceu extremamente difícil de conseguir, ou até mesmo, fora do nosso alcance... E porquê agora? Porquê só agora? Quando já me tinha mentalizado que não iria conseguir? Mas não é verdade... acredito que apenas somos nós, que de uma forma inconsciente, projectamos o que gostávamos de ter ou conseguir, em algo mais simples... como uma música, uma frase, uma história, uma notícia ou publicidade, que passa na rádio ou T.V.... De uma forma ou de outra, gostávamos de acreditar que é possível ter um final feliz como nas telenovelas... mas no fim do episódio rapidamente percebemos que tudo não passa de ficção... e até nas novelas existem traições, dificuldades, coisas e sentimentos impossíveis... a única diferença é que os cenários das novelas estão no ecrã, não afectam os actores, mas em mim... a minha vida parece ter sempre um final *desinfeliz*, nem uma coisa nem outra... é uma constante ilusão... Nada é real, e quando tento esquecer algo que julgo ser um obstáculo, algo no mundo exterior me faz, erradamente, agarrar a uma réstia de esperança... Estou cansada... cansada de não poder falar, de não saber o que penso ou sinto, de não conhecer o que devia ser óbvio e que os outros, de alguma forma, me enganem...

Hummmm



I just woke up from a fuzzy dream
You never would believe the things that I have seen
I looked in the mirror and I saw your face
You looked right through me, you were miles away

All my dreams, they fade away
I'll never be the same
If you could see me the way you see yourself
I can't pretend to be someone else

Always love me more, miles away
I hear it in your voice, miles away
You're not afraid to tell me, miles away
I guess we're at our best, miles away
So far away, so far away, so far away, so far away

When noone is around then I have you here
I begin to see the picture, it becomes so clear
You always have the biggest heart
When we're 6.000 miles apart

Too much of no sound
Uncomfortable silence can be so loud
Those three words are never enough
When it's long distance love

Always love me more, miles away
I hear it in your voice, miles away
You're not afraid to tell me, miles away
I guess we're at our best, miles away
So far away, so far away, so far away, so far away

I'm alright
Don't be sorry, but it's true
When I'm gone, you realize
That I'm the best thing that happened to you

You always love me more, miles away
I hear it in your voice, miles away
You're not afraid to tell me, miles away
I guess we're at our best, miles away

You always love me more, miles away
I hear it in your voice, miles away
You're not afraid to tell me, miles away
I guess we're at our best, miles away
So far away, so far away, so far away, so far away

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Pensamento da noite

... E sempre que tento esquecer o que não me faz bem, algo ou alguém me lembra...
... E sempre que tento fugir, algo ou alguém me encontra...
... E quando arranjo a coragem, algo ou alguém me tira...
Espero ansiosamente pelo dia em que nada nem ninguém, me vai parar... e em vez de esquecer, vou lembrar, em vez de fugir vou simplesmente caminhar, e em vez de temer, vou lutar...

domingo, 28 de junho de 2009

Sentimento do dia


SAUDADE....

sexta-feira, 26 de junho de 2009

O ridículo

O ridículo toma conta de muitas pessoas, a toda a hora... é ridículo ir à praia e haver sempre alguém que decide colar-se à nossa toalha mesmo que a praia esteja vazia, é ridículo uma enorme quantidade de pessoas preferir ir para os shoppings num dia cheio de sol e calor, é ridículo trabalhar uma semana inteira para derreter o salário aos fins de semana em álcool...
É ridículo o nosso país se estar a tornar no que era há 40 anos atrás, em vez de continuar para a frente, é ridículo o governo comprar o único canal de televisão que falava abertamente do que se passa neste país, como forma de limitar a liberdade de expressão e censurar tudo o que não lhes convém... Mais ridículo ainda, é que antes das eleições, os políticos vão andar a iludir-nos com mais falsas promessas e o povo vai voltar a votar neles...
Mas mais ridículo que o ridículo óbvio, é eu ainda continuar aqui, em vez de fugir... enquanto posso...

The end of everything we know...


Se será em 2012 ou não, não sei... mas fica o site de um filme a não perder... talvez assim possamos mudar as mentalidades...
http://www.whowillsurvive2012.com/

R.I.P Michael Jackson

segunda-feira, 22 de junho de 2009

E amanhã é dia de....levar com estes na cabeça pelas ruas do Porto^^






É mais um dia de S. João... preparem as cabeças :D... bom são joão para todos ^^


domingo, 21 de junho de 2009

sexta-feira, 19 de junho de 2009

Actor internacional morre vítima de gripe suína...^^

Todos sabemos quem foi... E ela deixa um aviso...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Esta música deixa-me parva! Obrigada Aninha^^

Frase do dia

... as articulações fixas são as articulações que não se articulam... ou se preferirem, que mexem não se mexendo... Estamos sempre a aprender^^

domingo, 14 de junho de 2009

E foi a loucura hj à tarde ao som de....


Vá minhas tolas, confessem lá que não foi bom? LOLLL There was something in the air.... Loucura total... Sr. Fernando, voçê rulaaaaaaaa...


sábado, 13 de junho de 2009

Pensamento da noite

"Isto de entrar água no ouvido quando se está a tomar banho, não tem assunto nenhum... resultado? Estou surda dele e lá dentro só se ouve splash splash... GRR". . .

To someone




Thinking about thinking of you
Summertime think it was June
Yeah think it was June
Laying back, head on the grass
Chewing gum, having some laughs
Yeah having some laughs.

Made me feel like the one
Made me feel like the one
The one
Made me feel like the one
Made me feel like the one
The one

Drinking back, drinking for two
Drinking with you
And drinking was new
Sleeping in the back of my car
We never went far
Needed to go far

Made me feel like the one
Made me feel like the one
The one
Made me feel like the one
Made me feel like the one
The one

I don't know where we are going now
I don't know where we are going now

Wake up call coffee and juice
Remembering you
What happened to you?
I wonder if we'll meet again
Talk about life since then
Talk about why did it end

Made me feel like the one
Made me feel like the one
The one
Made me feel like the one
Made me feel like the one
The one

I don't know where we are going now
I don't know where we are going now

sábado, 6 de junho de 2009

I believe...

Eu acredito em sinais... acredito e gosto de acreditar nas pequenas pistas que a vida nos dá, transformando o dia-a-dia em algo misterioso e cativante...
Gosto de conversas subentendidas que nos deixam a pensar e acima de tudo, a questionar... tudo, todos, algo, alguém, em qualquer coisa...
Não confundam com coincidências... essas coisas todas que dizem acontecer num momento raro de sorte em que a Terra se alinha com um planeta qualquer e blá blá blá... Acredito sim, que estamos rodeados por uma infinidade de sinais aos quais quase nunca damos a devida atenção... ou nos passam ao lado por estarmos concentrados com outra coisa, ou quando são demasiado óbvios, deixamo-nos cair num sem número de incertezas...
Sou e serei uma sonhadora... recuso-me a acreditar que a vida é apenas isto... dia após dia, à espera da morte, sem podermos fazer algo no "durante"...
Gosto da luta... do procurar nova pista, a seguir a uma bem interpretada... de descobrir que estava certa ou errada, da motivação que me dá ao sentir que "alguém" nos está a querer dizer algo, e ser capaz de descobrir... Não se trata de arranjar explicações irracionais a algo que não compreendemos, mas sim, procurar a mensagem por detrás de algo que não se diz.
Gosto das coisas simples da vida e dos sinais que elas me dão... e é assim que gosto de viver a vida... uma constante procura, num labirinto que parece interminável... porque: "para bom entendedor, meia palavra basta"...

quinta-feira, 4 de junho de 2009

quarta-feira, 3 de junho de 2009