segunda-feira, 31 de maio de 2010

E hoje...

Foi a primeira vez que ouvi alguém ser comparado à torre de Pisa! LOOOOL

E parece que...

... quem desdenha quer comprar... por isso mesmo, vou começar a distribuir autógrafos! LOOOOOOOOOL

E amanhã...


... que é como quem diz, daqui a umas horas, vai ser assim pelo work... vai ser giro... passar a manhã e tarde a morfar rebuçados de mentol enquanto faço umas galvanizações ou ionizações ... Já para não falar do sono por não ter dormido nadinha... Grrrrr!

Crise? Que crise?

Muito se tem falado da crise nos últimos tempos. Mais ainda se tem falado dos planos do governo para tentar combatê-la.. Uns criticam, outros berram, outros ainda, manifestam-se e muito poucos são aqueles que concordam com essas ditas tentativas para salvar as nossas vidas, mesmo que isso signifique hipotecarmos as nossas peles. E como nestas coisas já todos estamos carecas de saber que as dívidas maiores nunca serão pagas pelos maiores devedores, resta-nos apontar o dedo aos outros culpados, nós!
Sim, nós! Aos que preferem comprar um novo LCD todo "xpto" lá para casa só porque o vizinho tem um, aos que se passeiam por carros de luxo que não podem sustentar, aos que vivem de subsídios porque se os há é para usufruir e não para arranjar um emprego, e a todos os outros que vivem constantemente para além das suas posses só para manter as aparências. Eu sei, não é segredo para ninguém. Fazem anos que isto se repete, o problema é que chegamos ao limite. Como um fim de crédito de um cartão visa. É altura de pagar, não temos é como.
Outro dia li uma entrevista a um desses especialistas nestes assuntos, enquanto o governo atira as medidas até ao final de 2012, alguns avisam que a crise só estará ultrapassada lá para 2030, mas a maior verdade estava lá... em jeito de resumo, o homem afirmava que este plano de austeridade nunca funcionará enquanto a maioria da sociedade continuar sem ter a noção do conceito sacrifício! Fiquei a pensar nisso... Cheguei a casa e comentei com a minha mãe. Resposta dela? "Quando não tiverem dinheiro nenhum, as pessoas vão aprender a fazer sacrifícios!"... Ainda mais deu que pensar... Não vão! Se a história nos ensinou que em tempos de crise o humanismo e solidariedade aumentavam, hoje não creio que isso aconteça. A sociedade mudou, já não se "fazem como antigamente", perderam-se valores, ideais e tradições! As discotecas e bares continuam cheias de miúdos que dão 15 euros pela entrada (fora as bebidas como aqui perto de casa, este fim de semana), o banco alimentar contra a fome recebe menos sacos de comida porque há quem prefira comprar mais uma garrafa de vinho invés de uma lata de atum a quem precisa, o pensamento típico do: "para que vou poupar? Para os outros gastarem?? Não!" a perdurar nas consciências e actos diários, certas pessoas continuam a "rejeitar" clientes nos seus negócios, com a sua antipatia e falta de ética profissional e eu nunca vi tantos carros de luxo novos a circular como agora... Com este panorama e com as facturas a acumularem-se lá por casa, fica fácil imaginar o que vai acontecer a seguir... Dispara a criminalidade.. Mas disso, ninguém fala! Só numa certa noite da semana passada contaram-se três carjacking e dois assaltos nesta cidade e arredores! Falta pouco, muito pouco até se começar a roubar por comida...Por comida que é como quem diz, por uma nova TV ou carro! Bravo! Estamos sem dúvida num óptimo caminho! E se muitos são os que pensam que mesmo assim não adianta fazer um esforço porque há os que não fazem nenhum, eu, que até sou daquelas que pensam: "Não há dinheiro, não há vícios", agora já só penso que o problema é muito maior do que a falta de dinheiro... mesmo que alguém pagasse as dívidas e injectasse dinheiro suficiente, só nos iríamos continuar a enterrar em mais dívidas, enquanto não tivermos uma mentalidade diferente... parece que a única solução é mesmo sair daqui enquanto ainda há dinheiro para uma viagem de avião... chamem-lhe cobardia ou falta de patriotismo (que verdade seja dita, nunca o fui), mas não sou eu que vou conseguir impedir essas pessoas de afundarem o país, muito menos as conseguirei impedir que me enterrem mais ainda... portanto, só me resta pegar no pouco que ainda sobra em mim de velhos ideais e partir para novas bandas em busca de uma vida melhor... porque aqui, está mais que sabido que é cada um por si para obter regalias, mas para ajudar os outros, está quieto!

sábado, 29 de maio de 2010

Cheira-me que a próxima semana vai ser patrocinada por....


Ou isso ou vou andar a espirrar para cima dos pacientes...

E pronto... Já estava a demorar...

É o que dá andar em sítios poluídos... depois dá nisto... uma alergia tremenda e um gasto estúpido em todo o tipo de papel... lenços, guardanapos, rolos de cozinha... já para não falar em anti-histamínicos! BAH! ATCHIMMMMMM!

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Surpresas do baú

Está quaseeeeeeeee =))))))))))

Falta pouco! Muito pouco =)

Conclusões da tarde

Conclusão nº1: "Ressabiado= melindrado, ressentido, magoado"... Até parece que fui eu que meti a carapuça
Conclusão nº2: Porque parece que anda a faltar disto por certas bandas.
Conclusão nº3: Arranjem uma vida em vez de pensarem que o mundo gira sempre à vossa volta! 
Conclusão nº4: É que há gente que não suporta a felicidade dos outros... 
Conclusão nº5: Mas para que me dou ao trabalho é que ainda gostava de saber!!!

Palavra do dia

Vila Garagem

Ora aqui está uma boa iniciativa... Confesso que não conhecia mas depois de um dos organizadores me ter "acordado para a vida", reparei que o país estava mesmo a precisar de uma coisa assim... Não vou estar aqui com grandes descrições, até porque tenho receio de não fazer jus à iniciativa, por isso mesmo deixo os contactos... mas a ideia base passa pela criação de uma mostra de música em que qualquer banda de garagem pode participar, basta para isso inscrever-se no site da VilaGaragem ... ou pelo Myspace.
Aproveitem, há prémios para os melhores... já para não falar da oportunidade de saírem da garagem lá de casa =).

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Ahahahah!!! ^^

Imagem do dia

Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah! Muito bom! Muito bom mesmo!

Modinhas do presente.

Se há coisa que mais me enerva, são as modinhas que todos criticam mas que todos seguem... Ultimamente, todos os blogs que tenho visto parecem pertencer ou a uma maquilhadora (falsamente) profissional, ou a um vendedor de produtos de cosmética, tal é a quantidade de produtos a que fazem publicidade... Vamos por partes, que numa ou outra vez se falem de produtos interessantes, realmente bons, tudo bem, que quem esteja a falar sobre o assunto tenha algum real conhecimento, tudo bem na mesma, agora, chegarmos ao cúmulo de todos os blogs falarem do mesmo, a anunciarem produtos de qualidade duvidosa como se fossem ouro ou como já vi, a anunciarem vernizes e sombras da loja dos chineses 10 vezes mais caros do que na realidade, isto tudo agravado pelo facto de ser escrito por miúdas que na verdade só têm idade para usar daqueles kits de maquilhagem para crianças... pah... sinceramente é ridículo...
Ainda eu me queixava da modinha da Hello Kitty e dos morangos com açúcar... não sei mesmo o que é pior... se uma cambada de pessoas que ficou presa na adolescência ou uma data de crianças que pensam ser as divas da maquilhagem.. Sinceramente, cada vez mais acho, que os blogs deviam estar por categorias... os blogs de política, os sem assunto, os de debates, conversas inteligentes ou moda... Agora andarmos à procura de coisas interessantes e recebermos algo que considero ser um atentado à inteligência de qualquer um... tsc tsc! Que mais estará para vir...?

terça-feira, 25 de maio de 2010

Pensamento do dia

Estava com tantas dores que teve mesmo de ser... depois de uma imersão nuns certos produtos, uma massagem bem feita melhorou e muito a coisa... Amanhã há mais =)

Frase da noite

" Desculpem o atraso, mas quando saí de casa começou a chover muito e voltei para trás para ir buscar uma camisola!" (???????)

segunda-feira, 24 de maio de 2010

Malditos pés

Incrível como uma dor num pé nos condiciona literalmente os passos... é que nem me mexo... fo....go!

domingo, 23 de maio de 2010

sábado, 22 de maio de 2010

Sábado.

Hoje é sábado aqui no café. Mesas cheias de famílias que apesar do calor que se faz sentir lá fora, nenhum plano lhes ocorreu, melhor do que este. Hoje é sábado, mas as famílias que aqui estão são monoparentais e para além do calor, na rifa dos papás solitários, saiu-lhes o dia em que os filhos estão por casa deles e não da mãe.
E o que em tempos foi uma família feliz, que rasgava sorrisos nas fotografias, deu lugar a um ou dois fins-de-semana com os filhos, envergando fatos de trabalho bastante enxovalhados, impróprios para o dia que é e muito mais para uma ida ao parque ou praia. À parte de todos estes pormenores, estão os filhos, que entre um sumo e um gelado, apenas sabem que hoje é o dia em que podem abusar. É dia do pai e também da pizza e gulodices que normalmente a mãe proíbe. E eles crescem... melhor ou pior, sempre crescem... muitas dores de cabeça ainda estão para vir para os pais... no dia em que os interesses sejam bem maiores do que comer doces à fartazana... pior será se um dos pais (pelo menos), casar e tiver mais filhos... Virão as chantagens, as discussões, as lutas, o mudar de casa da mãe para o pai e deste para a mãe, as exigências e os pais numa eterna luta de quem dá mais e melhor...
Mas entretanto estão aqui. As fotos de sorrisos rasgados foram rasgadas num acesso de raiva e substituídas por outras, o fato de trabalho demasiado formal e quente para um dia como hoje, cria uma barreira invisível entre os dois, fazem-se resumos da semana tentando esquecer que contar não é a mesma coisa que estar presente e olham para o relógio de cinco em cinco minutos... é... é sábado e está na altura de devolver a cria à mãe.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Sensação da tarde...

CALOR!!!!!!!!!!!!!!!!

Ando viciada nesta...

Nada.

Esqueço. Tudo o que vivemos, os bons e maus momentos. Esqueço o que poderias ter dito ou feito, quando te limitaste a um nada desolador e frustrante.
Sei que a verdade que contas, não é a verdadeira razão ou história. Sei que me tentas enganar por temeres a minha reacção. 
Não me conheces, mas isso só aconteceu porque assim o quiseste... Por isso, esqueço.
Esqueço tudo o que pensei e senti, para me focar no que me contas. E se isso significa continuares a deitar-me areia para os olhos, seja... continuarei a fazer de conta que acredito em ti. No final, a culpa continuará a ser tua, por dizeres algo que é contrário às tuas reacções.
Não! Não acredito nem acreditei numa única palavra da tua explicação, mas isso não interessa... cada um tem os seus motivos e não vou ser eu a condená-los... Tu é que tens de viver com isso, não eu, porque como te digo, esqueci!

Pensamento do dia

Como eu "adoro" quando as pessoas acham que sabem mais de mim e da minha vida, do que eu mesma!! Bahhh

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Sunny days

O sol volta finalmente. Melanina no seu máximo e toda a gente mais bem disposta, ou simplesmente, menos antipática. Para mim nada mais é do que uma mera fachada de tudo aquilo que voltaremos a ser assim que a chuva regresse. É mais uma desculpa para o TPM, problemas, ou simplesmente para nos desculparmos do que somos... É certo que muda sempre alguma coisa, mas não tanto assim que sirva para justificar todo um comportamento! Com a constante mudança do clima e pela mesma lógica, daqui a uns tempos, seremos todos bipolares... Era só o que faltava!
Estou farta! Farta dos que se deixam moldar pelo clima, farta de pessoas como a mulher do café que quase me expulsava por nada e hoje me estende a passadeira vermelha só porque o sol decidiu aparecer! 
É preciso consistência. Pureza do ser. Clareza de pensamentos que me permitam compreender alguém, sem ficar com aquela confusão mental dos que hoje são cara e amanhã serão coroa!
E a personalidade onde fica no meio destas variações? Quem são os outros? No mínimo parece-me uma personalidade fraca e influenciável!

Pensamento da manhã

Mas alguém me pode explicar como se usam estas coisas? Sozinhas já são suficientemente horríveis, mas num dia de calor como hoje, andar com estas botas por cima das calças de ganga clarinhas com um top vermelho vivo e as unhas laranja, é simplesmente impensável... por outro lado, visualmente chocante!

Dreams... and hopes.

sábado, 15 de maio de 2010

Sobrinho esperto

Depois de umas quantas "saídas" do "meu" pequenino sobrinho de um ano e meio, confesso que não estava à espera desta:

EU: Como faz o papá quando está a dormir?
SOBRINHO: rrr... ahahah
EU: Como??
SOBRINHO: RRRRRRRRRRRRR... AHAHAHAH!

P.S- Já paravas de ressonar manito! AH AH AH 

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Nova versão, inventada por nós ^^



"Tu...Torraste...Torraste-me... (4 x's)
Torraste-me o estufado, torraste-me o estufado... "

quinta-feira, 13 de maio de 2010

quarta-feira, 12 de maio de 2010

A explicação possível

Hoje recebi um email que me deixou a pensar... Uma jovem que desapareceu e era procurada por familiares, amigos e marido... comum... tantos que já encaminhei que até perdi a conta... Confesso... se não tivesse tido o episódio logo pela manhã, no metro, este email seria encaminhado também... mas hesitei... recordei a jovem mãe que viajava com a sua "cria" de 5 anitos, com aquilo que parecia ser: "a casa às costas".. A sua postura irrequieta e nervoso miudinho, deixaram-me a pensar nas mulheres que fogem de casa, fartas da violência de um marido tirano... Não estou a dizer que tenha sido esse o caso, mas não estranhava se ela me contasse uma história similar, que infelizmente, cada vez mais se repete... Saí do metro e esqueci o assunto, a vida dela não é a minha... Até que recebi o email com uma foto feminina. E se aquela foto contava uma história assim? Se ela tivesse fugido para por um fim na violência e o marido raivoso quer apenas dar-lhe (a ela), um fim? Ao estilo: "Se não és minha não serás de mais ninguém!"?
Guardei o email sem o conseguir encaminhar... não fui capaz... Talvez por descarga de consciência, tenha procurado no site da polícia judiciária se na base de dados constava a foto... não... raptada também foi uma hipótese de logo aniquilada... com a TV que temos, já saberíamos... resta-me pensar que foi alguém (sendo verdade), que por alguma razão, fugiu de alguém ou de algum sítio... E que vou eu fazer? Ajudar a "capturá-la"? Contrariar-lhe a vontade?
Só tenho pena que com este tipo de acontecimentos a aumentarem, a deixarem de fazer parte apenas do cenário "Hollywoodesco", fique a duvidar da veracidade dos factos que nos contam e deixem as pessoas que realmente precisam de auxílio, sem ajudas.

terça-feira, 11 de maio de 2010

Pronto... chegou...

... chegou e para além da capital, tomou conta da televisão... bah... ainda falta Fátima e Porto...

E hoje foi dia de...

...ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah!

domingo, 9 de maio de 2010

E hoje, nem pareceu Domingo...

... graças a momentos como o de hoje, com direito a um Strogonoff feito por ti... Maravilhoso! Bigada, adorei!

sábado, 8 de maio de 2010

sexta-feira, 7 de maio de 2010

A tal "chamada" de realidade

Esta semana foi a altura de pensar em muitas coisas que desde sempre adiei... o que foi e não volta a ser... erros cometidos, vontades adiadas e sonhos por cumprir... É uma espiral de horrores e maravilhas, num labirinto sem fim nem saída.
Lembrei-me dos amores passados... esses mesmos que todos dizem ensinar muita coisa... mas em mim encontrei um saco cheio de nada.. de momentos que não tiveram qualquer tipo de razão para existir... ou então foi isso mesmo que me ensinaram... que envolvermos-nos por envolver, não trás nada de positivo em mim ou na minha vida, e apenas serviu para adiar a minha ida... Arrependo-me hoje, de não ter seguido a minha vontade de ir embora daqui... deixei que alguns sonhos se esgueirassem pela janela e para quê? Ou por quem? Nada...! Tirando um ou outro relacionamento, sei que em alguns momentos nada fui, nada criei ou muito menos transformei. Foi apenas uma simbiose de carinhos e necessidades de curta duração e prazo de validade quase a expirar. Hoje, sei que fomos apenas um breve consolo, quando na realidade, nem isso queria ter significado. Arrependo-me. De muitas coisas que não fiz ou não disse, por ter achado melhor calar. Nunca mais vou repetir o mesmo erro. Não vou mais deixar-me ser um corpo secreto, de quem nunca fui ou serei... Nós, seremos corpos que não se verão mais, ou pelo menos, não da mesma forma...Com a insensatez à flor da pele, de quem é demasiado egoísta nos sentimentos.
Hoje, limpo o meu "armário". Deito fora o que não visto, não quero, não faz falta e do que quero a todo o custo, esquecer. Sinto-me mais leve, mais segura que nada me segura a este lugar, e que não vou mais negligenciar um corpo que emprestaram à minha alma. Sei que a partir de agora, nada voltará a ser o mesmo, nem muito menos terá um significado tão fraco ou pequeno. Hoje, renasci.

Olha... sei lá... gostei... bahhhhh

terça-feira, 4 de maio de 2010

E amanhã é dia de...

Check-up... com tudo a que tenho direito... Sangue, urina, ecografias... é... uma manhã inteira, pelo bem da minha saúde =D... Vou ali tentar resistir ao bolo de chocolate, a ver se aguento o jejum...

Imagem do dia ^^

Palavras para quê? Algo me diz que nunca mais vou olhar para o elefante do "Jumbo" da mesma forma....

Frase do meu dia

Parabéns a mim ^^



Parabéns a mim, mas em mim guardarei sempre uma faceta assim... de criança :D

domingo, 2 de maio de 2010



Se este vídeo já demonstrava a covardia dos benfiquistas que o fizeram a correr e às 5h.30m da manhã, no mínimo agora, tornou-se ridículo :D

AHAHAHAHAHAHAHAH 3-1!!!!!

Que o F.C.P não mereça ganhar o campeonato este ano, é certo e sabido que não merece, mas daí a considerar o Benfica como justo campeão? Nããããooooo! E hoje ficou mais que provado que falar antes do jogo, ou fazer a festa antes mesmo de saber o que iria acontecer, só trouxe azar... Aposto que estão todos a ir para o Sul, de rabinho entre as pernas enroladinhos na faixa que só teve uso para se humilharem! "Reserbado" mas é o lugar em casa no sofá a virar frangos! É caso para dizer: Cá se fazem, cá se pagam! Ponham-se a pau que o Braga ainda ganha isto tudo! AHAHAHAHAHAHAH!

Dia da mãe

Porque todos os dias são dias da mãe.
Porque ela é mesmo a melhor de todas.
Porque a admiro muito enquanto mãe e mulher.
Porque só ela me atura nas minhas birras.
Porque a minha mãe é a minha heroína...
Adoro-te!

sábado, 1 de maio de 2010

Cyanide and happiness ^^

Olhares

Eu tento... procuro, espreito, falo, ouço... nada... não dás nada de ti. E que mais me resta fazer? Não há outra opção senão julgar-te como o resto do mundo... fazer de ti um ser que não se dá comigo ou então uma dessas existências estranhas que aguardam que eu adivinhe. Digo-te agora, não sei... não adivinho nem quero enlouquecer com tantas suposições que faço na minha cabeça, quando te tento compreender.
A verdade é essa. Que quanto mais tempo passa, menos te compreendo, menos falamos, menos te conheço, menos sei qual é a realidade... a tua, a minha, e a nossa.
O teu olhar costumava ser transparente, agora, tornou-se baço... Nada transparece para mim a não ser um enorme ponto de interrogação, que me deixa a pensar na quantidade de coisas que se perdem, por não termos coragem ou vontade de falar... bastava uma ou duas palavras... e talvez tudo fosse diferente... ou então não... nunca saberemos enquanto assim continuarmos.