terça-feira, 29 de junho de 2010

E em Vigo...



Foi demais encontrar estes senhores pela rua... frase da noite: "Estás cercado!" Ahahah! Podias ter ido... hihihi

E hoje recebi...

... o primeiro beijinho do meu sobrinho... depois de 19 meses à espera deste momento, ele acontece assim... sem eu estar a contar :)

E o que é bom, acaba depressa...

quinta-feira, 24 de junho de 2010

E hoje é dia de...

... por a mochila às costas e começar a viagem a terras de "nuestros hermanos"... i'll be back soon.

E hoje foi dia de...

São João... só foi pena o nevoeiro ter ocultado os foguetes... mas de resto, valeu bem a pena sair do work toda rota e juntar-me à malta... afinal de contas, quem consegue resistir a uns vizinhos que quando chego a casa deles, têm um copinho de moscatel com gelo preparado para mim? E sim, estão perdoados pelo facto de me terem roubado o martelo vezes sem conta durante a noite :D

terça-feira, 22 de junho de 2010

domingo, 20 de junho de 2010

Saramago parte 2

Depois de andar a vasculhar na blogosfera, facebook e afins, é triste reparar que as pessoas não sabem separar as águas...A inveja é de facto enorme e a ignorância ainda maior! Mas cabe na cabeça de alguém, perdermos a pessoa que mais deve ter defendido este país (quando já ninguém defende), e estarem com pensamentos mesquinhos e ignorantes de ódio ao homem, só porque fez afirmações sobre Portugal ou Cristo? Só porque considerou que o nosso país deveria ser uma província de Espanha? Ou porque foi viver para Lanzarote? Isso transforma-o num traidor? Mas será que alguém se lembra do porquê dele ter ido embora? Eu não lembro, era menina, mas estudei-o ao longo dos tempos e compreendi... admirei-o pelo que eu nunca conseguiria fazer, por defender um país e povo que está mais interessado na telenovela das dez horas do que na cultura... acima de tudo concordo com essa da província... Estaríamos certamente bem melhor e sem espaço nem voz para a cambada de ignorantes que por aqui habita! E esta, certamente será a maior arma de todos os tempos... não as bazucas, granadas ou metralhadoras mas sim a ignorância! Fujam enquanto é tempo... dasssss!

sábado, 19 de junho de 2010

Não há cu para...

... os demais analfabetos que habitam neste país... mas alguém acredita que (num país onde muitos nem o hino nacional sabem, embora se aprenda na escola), existem assim tantos interessados ou conhecedores das obras de José Saramago?? Das letras do Quim Barreiros ou do Tony Carreira, não tenho dúvidas, mas de Saramago?? Por amor de Deus! Deve ficar muito bonito falar do que não se sabe só porque o homem morreu... assim... como se de repente isso os tornasse menos burros! E vai piorar... claro que vai... com o governo a dar qualificações a quem nada fez para as merecer, qualquer dia não vai ser de admirar se virmos um mestrado nas mãos de alguém que ainda ontem tinha a 4º classe! Está bonito, está! R.I.P. Saramago.

Coisas que odeio

Se há coisa que mais me enerva, muito mais do que ter de acordar às seis e meia da manhã todo o santo dia, é sair de casa a ansiar por um café bem forte para conseguir enfrentar o dia e servirem-me uma "mijoca" aguada e fraca!!
Como se não bastasse, chego ao trabalho e está a nova estagiária (que chegou meia hora antes da chefe), a dar graxa... Mas alguém me explica o porquê de se dar graxa? Mesmo quando não há possibilidade alguma de ficar com um lugar lá? E sem receber mais por isso? Aliás, não se recebe nem um cêntimo... Digamos que está lá apenas para me atrapalhar e para ser escrava de todos!
Chega mesmo ao cúmulo de se colar à chefe quando esta vai ao banco na pausa de almoço, tratar de coisas pessoais... será que também fala por ela? Ou então, lhe guarda o lugar na fila? Só lhe falta mesmo ir ao W.C. com ela... mas isso só não acontece porque a porta está fechada!
E mais uma vez repito: Para quê? Para passar a vida a ouvir bocas das outras e a ter que se calar porque foi ela que as pediu? Ou talvez para ter as pacientes a pedirem-lhe para serem atendidas por mim... Chegamos ao cúmulo de ela ter contado à chefe que uma paciente me tinha dado um pacote de chiclets... isto, depois de a mesma pessoa lhe ter dado uma caixa no dia anterior... E para quê? Para ouvir a chefe responder: "E? Já é costume dessa senhora! Também me dá a mim!"...
Haja paciência!!!

quarta-feira, 16 de junho de 2010

GRRRRR

Calma... muita calma... é o que vai ser preciso hoje à custa da graxista...

AHAHAHAHAHAHAHAHAHAH!!!

terça-feira, 15 de junho de 2010

Origem das vuvuzelas (Merci Carine) ^^

And today...

... como diriam os Nirvana: "...i'm so happy cause today i found my friend(s)... Reencontrei uma grande amiga, perdida entre encontros e desencontros e vidas diferentes... Hoje, estou feliz... por mim, por ela e por tudo que isso representa... Parabéns a ela porque é o dia de anos dela, parabéns porque casou, parabéns porque vai ser mamã (não tenho dúvidas que de uma linda menina), parabéns porque alcançou os sonhos dela e parabéns por ser corajosa ao ponto de largar tudo e estar a viver na Palestina :)... Ah, e no entretanto, foi bom, muito bom, voltar a ter-te na minha vida! Adoro-te M. E como te disse, hoje vou para o trabalho com um sorriso estúpido de orelha a orelha feita parva!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Good morning everyone

Hoje está a custar mas lá terá que ser... esperam-me oito horas de trabalho pela frente...

domingo, 13 de junho de 2010

Desespero menopáusico

Naquele café onde vou quase todos os dias, sempre assisto a uma discussão entre os donos... são um casal como tantos outros, ela na menopausa, ele na andro e sem entendimento possível, a menos que um saiba engolir o orgulho e calar-se.
Sempre que lá vou fico com a impressão que saí da cidade e estou num daqueles cafés familiares, comuns nas aldeias, pertencentes a um casal modesto longe das manias das cidades, com as unhas sujas da lavoura e nos quais os fregueses são parte de uma grande "família"... Comentando a vida dos outros e criticando as jovens das aldeias que se apaixonam pelas modas das grandes cidades... 
Aqui as discussões acontecem por tudo e por nada, mas a maioria das vezes, todas têm uma causa comum... os ciúmes... A dona do café, que em tempos devia ser a rapariga mais bonita lá da terra, não reparou que os anos passaram e ela envelheceu... pôs de parte o capricho e vaidade e na realidade parece bem mais velha do que é... o homem, não menos desleixado, pensa que voltou à juventude e que as meninas bonitas da cidade se encantam com os seus belos olhos... Assim se abrem as portas às discussões... sem princípio meio nem fim... discutem porque sim e porque não e ultimamente andavam tão mal, que deixei de lá ir... 
Hoje, por força maior, tive de lá ir... não queria acreditar no que via... as discussões pararam, mas em vez delas paira um silêncio aterrador... ela retomou a vaidade, mas com o passar dos anos, esqueceu-se que há coisas que já não se usam... ele, deixou de olhar para as meninas e tornou-se mais antipático... e assim naquele café familiar, a dona que me trás o café num sorriso rasgado vermelho e olhos lilás, com o pó de arroz a disfarçar muito mal as rugas que se acumularam com o peso das discussões, desdenha o homem de postura curvada e submissa, a quem em tempos prometeu amar para todo o sempre e que hoje apenas parece servir para me fazer o troco... Muitos dos habituais fregueses desapareceram... uns por falta de assunto, outros porque não se adaptaram à "renovação" dos aldeões em citadinos e eu, sinceramente não sei o que seria melhor... se o antigamente se o presente... Mas que aquilo me deprimiu bastante, lá isso deprimiu... e não penso voltar lá tão cedo... Eles são, o exemplo que nunca quero alcançar.

sábado, 12 de junho de 2010

quinta-feira, 10 de junho de 2010

terça-feira, 8 de junho de 2010

Yeahhhh =D

Tricky na casa da música (presumo que no palco cá de fora), dia 27 Julho... Bilhetes: 20 Euros... Niceeee :)

Pensamentos

As funcionalidades são boas, filmar algo fica com muita qualidade e no geral, adoro-o, mas mexer com a porcaria do itunes... GRRRR dá-me cá uma comichão na mioleira...

Desejo do dia

... que chegue rapidamente o fim do dia de amanhã para poder por o sono em dia... que isto de madrugar e de beber café de cafeteira no work, deixa-me mesmo K.O. Vai ser fim de semana prolongado, a chuva lá fora e eu no quentinho... hmmmmm =)

E ontem foi dia de...

... primeiro casamento gay em Portugal =)

segunda-feira, 7 de junho de 2010

Bonaparte =D

Pensamento do dia

Depois de um dia de trabalho em cheio graças à nova estagiária que me empatou os pacientes todos durante a manhã toda, estava decidida a não a deixar repetir a "graça" à tarde, sendo assim, deve ter sido o dia que mais trabalhei na clínica... confesso, os doentes também ajudaram... sempre simpáticos e pacientes, mas chegar ao fim do dia e ter de levar com uma verdadeira dondoca snobe que reclama por tudo e por nada, em que um "boa tarde" não parece fazer parte do dicionário dela, é realmente demais! E isto tudo porquê? Porque a dita senhora é uma "maioral" qualquer lá da clínica... bolas... mais uma razão para se dar o exemplo não? Isto numa clínica em que 90% são pessoas com carências financeiras mas extremamente bem educadas... Só lhe ficava bem... digo eu...

=)

É assim quando se gosta do que se faz :)

domingo, 6 de junho de 2010

E ontem foi dia de...

... Serralves... as ditas 40 horas non-stop, muitas delas desinteressantes para mim, tão desinteressantes como certas pessoas com quem me fui cruzando no caminho... meras pedras no caminho que chutei para bem longe para não me estragarem a noite. Mas nem tudo foi mau, "Bonaparte", uma banda indie-punk com muito teatro e dança lá pelo meio, em trajes cómicos, foi sem dúvida uma boa surpresa, não estava nada à espera... A exposição que estava no museu, também gostei... só foi pena os supostos entendidos destas coisas das artes terem mostrado toda a sua ignorância numa pequena frase... O que acontece, é que lá pelo museu, tinha uma sala onde estavam a passar séries e filmes antigos... algumas a cores e outras a preto e branco... Um exemplo, foi o "barco do amor"... bem mas daí a uma entendida dizer que naquela sala não tinha nada de interessante que só estavam a passar filmes anos 30... meu deus... COR, diz algo a essa senhora? Pior veio a seguir, "dOP" um trio parisiense que tentava tocar música house... o resultado foi muito esquisito... como diria o Richie (nice to see you buddy), "o ambiente estava tão fixe que este gajo achou que era boa ideia arruinar tudo"... Bem, digamos que aquele senhor, juntamente com o seu boné que piscava numa tentativa de "olhem para mim", não primava pela boa qualidade musical nem conseguiu mais do que um público às gargalhadas quando disse que ia quebrar as regras e mandou todos para o palco, para logo a seguir os mandar descer senão a organização parava o concerto... Ficaram lá duas... a "miss peruca" e a "miss alucinada", num espectáculo que de cómico passou a ridículo e de ridículo a lamentável...
E isto tudo, regado a cerveja a dois euros... nahhhh xau aí que se faz tarde.

sexta-feira, 4 de junho de 2010

Pensamento de fim de tarde

E levarem a porcaria das vuvuzelas para a África do Sul? É que já não há pachorra para ouvir o idiota do vizinho a soprar na gaita!

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Gosto.

Think twice...

Passa o tempo... ao ritmo de sempre, demasiado rápido para o que gosto e não tão apressado quando não gosto... Depressa demais quando tento assimilar tudo o que me rodeia para mais tarde cair no esgotamento e por fim no sono. Eu juro que tento... mudar o que não se muda através de uma crença ridícula e infantil de que tudo será melhor um dia... Não será! Não mudarei nada a não ser um botão partido de uma camisa ou o aspecto jovial com os anos a passarem por mim sem que eu dê conta...
Foi para isto que nasci? É para isto que continuo a lutar? Mesmo sem saber para quê? Ou mesmo sabendo que nada concretizarei? Para me tornar em mais uma no meio dos outros? Velha, chata, antipática, a criticar tudo e todos só porque sim? 
Tento não cair na frustração por detrás destes pensamentos e certezas... passeio pelas ruas nas folgas que a vida me dá e encontro-me com amigos cada vez mais e apenas, conhecidos... Nem neles vejo algo que julgava como certo... Vejo apenas a espera de algo que não conhecem, a seguirem uma vida igual a milhões, sem objectivos na vida, arrastados pela crença que assim é que tem de ser... E assim será... As conversas sempre a esgotar o mesmo tema e quando tento mudar, tudo cai num silêncio constrangedor que me faz questionar tudo no momento, na amizade, no futuro que para eles vai ser igual ao presente e passado...
E desculpem por me revoltar, por querer ser diferente ou por simplesmente não querer ser igual aos demais, por ter objectivos definidos, por muito que sejam difíceis de alcançar, e por gostar de sonhar.
Se há coisa que aprendi esta semana, é que esses mesmos sonhos que parecem impossíveis de viver, são na realidade mais apetecíveis do que alguma vez foram e cada vez mais me esforço para os alcançar... São eles que me dão a força para apressar o meu tempo aqui e para acima de tudo, enquanto cá estou, ter muita paciência.

Pensamento da tarde

É tão bom sair do banho e começar logo a transpirar... dassssssssss! Dá um novo significado ao desperdiçar água...

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Resultado do fim do dia

Bem, depois de oito horas em pé, a fazer tratamentos a todo o tipo de ossos e músculos, entre electroterapia e massagens a pessoas de diversos tamanhos corporais, estou oficialmente de mini folga da clínica... À minha espera em casa tinha uma bacia assim que os meus pés estão a ferver... Sexta há mais :)

Pensamento da manhã

terça-feira, 1 de junho de 2010

Lição nº1

Não desligues a corrente que não é preciso... depois vês o que te acontece... BZZZZZZZZT... Dassss =)