terça-feira, 31 de maio de 2011

sexta-feira, 27 de maio de 2011

quinta-feira, 26 de maio de 2011

Insanidade do dia

EU: "Pode indicar-me o seu nome?"
CLIENTE: "21xxxxxxx!"
EU: "Não! O seu NOME!"
CLIENTE: "21xxxxxxx!"
EU (com vontade de dizer: Sra. 21 pode indicar-me a sua morada): "E a sua morada?"
CLIENTE: " Sim, já paguei a factura!"

P.S.- Há dias em que me questiono: como consigo manter a minha sanidade mental?...

Faltam...

Pensamento da noite

terça-feira, 24 de maio de 2011

E é para isto...


... que se deixa passar os "meninos" até ao 12º ano sem reprovar... Será que a Mãezinha do outro é assim tão boa? Na educação que dá aos filhos, claro está! Cambada de idiotas!

domingo, 22 de maio de 2011

sábado, 21 de maio de 2011

Missing...


"(...)Send a question in the wind
It's hard to know where to begin
So send the question in the wind
And give an answer to a friend..."

No comments :D

Momento da noite

E já dizia o povo, que quando as coisas são oferecidas, não é de bom tom reclamar! Mas a Strawie discorda! E reclamo! Não do filme que esse foi bom e gostei, mas do panorama no cinema. 
Quis o sr. da projecção, passar publicidade constante atrasando o filme uns bons vinte minutos...  instalada confortavelmente e ainda a digerir o jantar, deu tempo de reparar na quantidade de miúdas de 15 anos que excitadamente corriam para as cadeiras à espera do Vin Diesel... Havia gente de todos os feitios e formas... Os apreciadores de cinema, de velocidade... de gajos musculados e de gajas mamudas... ao meu lado um casal daqueles que não descolam e ao lado destes, duas miúdas que choravam por histórias de amor menos felizes... atrás de mim uma aspirante a enfermeira de 80kg que resolveu descalçar o pé mal cheiroso para o colar à minha cadeira e atirar-me pipocas porque a chamei à atenção, ao lado dela? Uma criança com menos de seis anos... Mas que raio??! Sempre foi possível uma criança de 5 anos ir ver um filme para maiores de seis desde que acompanhada por um adulto, mas com os seguranças mais interessados em reter à entrada quem entra com latas de Coca-Cola, qualquer dia vemos crianças em filmes pornográficos só porque estão acompanhadas por um adulto! E depois de tudo isto, com bilhetes oferecidos não resisti! E reclamei! Reclamava novamente se fosse caso disso! O que vale é que o som estava tão alto que nem ouvi interrupções, deu para ver o Vin Diesel que já perdia uns kilinhos mas que mesmo assim, não me importava de receber um "abraço carinhoso"... da mesma forma que quem estava comigo, também não se importava de dar um igual à Gal Gadot :)

quinta-feira, 19 de maio de 2011

terça-feira, 17 de maio de 2011

segunda-feira, 16 de maio de 2011

E porque hoje é dia de festa...

... os meus parabéns a dois meninos: Nuno e "Jack". Aos dois desejo as maiores felicidades e que a vida vos sorria... agora deixo-me de sentimentalismos: "Onde está a minha fatia de bolo? Uhm?" *****

domingo, 15 de maio de 2011

sexta-feira, 13 de maio de 2011

E qualquer dia é mesmo isto...

Eu juro que tive fé. É dia de peregrinações e eu juro que acreditei que hoje ia ser (literalmente) um dia santo! Esqueci-me foi que Deus hoje está muito ocupado a ouvir as preces de meio mundo e não ia dar ouvidos a um pedido tão pequenino como o meu.
A tradição já não é o que era ou então os portugueses estão a perder a fé! Estava eu descansadinha da vida, a pensar que hoje é sexta e que em menos de oito horas ia estar cá fora... Os poucos que ligaram, gentilmente ligaram a TV no máximo para que eu pudesse ouvir a missa em directo de Fátima, pena que só eu é que a estava a ouvir... à tarde, a missa acabou, as pessoas voltaram a casa de joelhos inchados e pés gretados, frustrados quando perceberam que todas as suas preces desde o último 13 de Maio, não tinham sido ouvidas... Esqueceram-se que existem casos mais urgentes, que partir uma unha não é um fim do mundo, que estar constipado não é sinónimo de estar muito doente (como um cliente me disse) e que perante a sua religião, as preces apenas são ouvidas para os que fazem mais bem do que mal... As confissões deste dia, foram rapidamente esquecidas para pecar pelo ano inteiro e todos voltaram ao sentimento comum... o da perseguição... a eles mesmos ou aos outros, real ou imaginária... Não vamos a lado nenhum desta forma! Queixam-se do desemprego dos familiares sem se lembrarem que é à custa de pessoas como elas mesmas, que outras podem ser despedidas só porque naquele dia lhes apetece chatear alguém... assim.... sem sequer alguma vez nos terem conhecido ou visto, sem motivos pessoais... e quantos pais de família perderam o sustento na vida por causa de cretinos assim? 
Divisão do pão? Parece ser coisa esquecida de um quadro que já ninguém conhece, muito menos o pratica... e quanto a Fátima? Isso é só um motivo para aparecerem na TV ou comprarem uma vaguinha no céu... Santa ignorância...

quarta-feira, 11 de maio de 2011

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Diálogo do dia

Cliente: "(...) eu nunca falhei um dia no pagamento, está a ouvir?"
Eu: "Mas ninguém disse isso, é só uma mensagem a alertar da chegada da data limite para pagamento!"
Cliente: "Mas eu não devo nada a ninguém!"
Eu: "É só uma mensagem! Para sua segurança e conforto!"
Cliente: "Mas alguma vez falhei o pagamento?"
Eu (passados dez minutos deste ping-pong): "(...) Tem mais alguma questão?"
Cliente: "A minha questão é porque é que me perseguem dessa forma com o pagamento?"
Eu: "Se pretender eu posso desactivar essa funcionalidade e nunca mais recebe mensagens!"
Cliente: "Ah, então e depois como é que eu sei a data para pagar? É que eu não sei ler!!!"
.....
P.S.- É que há dias em que não me apetece outra coisa a não ser sair para a rua de metralhadora... E depois o governo acha bem que os meninos não reprovem até ao 12º ano!

E hoje foi um dia para chegar a casa e dizer....

... é que não há pachorra... desde adultos que não crescem a velhos que levaram a vida como um verdadeiro "complô" contra eles. Se a burrice pagasse imposto, com toda a certeza que a factura ia ser bem mais elevada do que os 23%. Graças a deus já estou imune a tamanha ignorância, e passa-me bem ao lado, mas confesso que ouvir certas "bacoradas" durante o dia de trabalho tira-me qualquer esperança de um futuro melhor e mais culto neste país. Por favor, façam algo por vocês mesmos e pensem antes de ligar ou falar... eu sei que deve custar, mas de vez em quando sabe bem dar uso aos miolos...Eu agradeço e os colegas também!

domingo, 8 de maio de 2011

E porque os finlandeses são maus em história...

Porque andam a fazer falta

... e a crise veio para ficar, até ofereço um descontinho... Assim, da próxima vez escusam de olhar para mim em vez de se olharem a elas próprias.

E é tão bom...

... chegar a casa e ter motivos para me rir assim... quero mais fins-de-semana como este!

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Está quase =)

Vamos?

Pensamento da noite

Eu sei que não devia ir trabalhar quando...

... chego ao trabalho de ressaca, ouço a minha equipa inteira gritar: "Olha a trintona" e só me apetece voltar para a cama! (Obrigada a todos).

quinta-feira, 5 de maio de 2011

Agradecimento

E aqui estou... viva nos trintas!! Por isso mesmo, quero agradecer às 68 pessoas que se lembraram de me recordar que estou um ano mais velha! :)
Pessoas à parte, agradeço também os emails que recebi de instituições... sem dúvida este foi o melhor... Será que para o ano já não serei jovem?? :D

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Happy birthday to

... me!

Tired of being tired.

E pronto. Sabia que mais tarde ou mais cedo ia acabar por acontecer. O efeito "férias" que tarda a chegar mas acaba rápido. Não há paciência para acéfalos, para clientes dos quais só conhecemos o pior lado sem ter vontade de os conhecer pessoalmente, que nos ligam apenas para nos insultar, esquecendo-se que ali estamos para ajudar, para serem imbecis todo o santo dia, emburrecendo a raça e quem os rodeia... 
Hoje foi só mais um dia do mesmo. Com clientes que nos mandam f*der só porque sim, clientes que pretendem esclarecimentos mas que falam por cima das nossas explicações, clientes que juram de pés juntos que os números "760" não são gravações mas sim chamadas reais entre eles e uma voz que diz: "Obrigada pela sua participação" e que a seguir desliga o telefone abruptamente e de forma antipática que nem lhes responde, clientes e contratos com cláusulas que desaparecem misteriosamente só porque não lhes convém... Um especial agradecimento à srª que me chamou ignorante só porque me recusei a concordar com a sua própria ignorância... Estou cansada! 
As pessoas têm um hábito terrível de se aproveitarem dos conceitos estereotipados como: pobreza; crise; baixas reformas; velhice e doenças só para obterem o que querem, sem se lembrarem que ser pobre não é ter menos uma maçã na fruteira mas sim não ter sequer um grão de arroz para comer... Que a crise é para os pobres e não para os ricos... que baixa reforma não é viver na linha de Cascais ou Foz do Porto mas sim não ter dinheiro para medicamentos essenciais à sobrevivência... que velhice é uma condição física e não um número e que estar com dor de cabeça não é uma doença como um cancro. Por isso estou cansada... porque o povo é tão ridículo que faz isso tudo para não pagar 10 euros... Pior, pensam que todos temos de acreditar neles! Bah!

terça-feira, 3 de maio de 2011

E as próximas folgas...

... vão ser passadas aqui mesmo... ahhhh :)

segunda-feira, 2 de maio de 2011

Nem tudo é mau no regresso ao work...

... a prová-lo estão cinco emails a provar que este mês serei uma mulher com uma conta bancária menos pobre...

É uma destas se faz favor....

...para atirar com ela às cabeças de quem me mandou 103 emails para a caixa de correio do trabalho...

Bye-bye férias...

... agora férias, só em Junho... :(

domingo, 1 de maio de 2011

Mummy day!

Porque mãe, há só uma e a minha... é simplesmente.. a minha vida!

Português traiçoeiro (2)

Mais à frente um novo mistério... Onde terá ido o "d"? (Já para não falar na mãe!)...

Português traiçoeiro (1)


Vinha eu para casa quando dou de caras com isto...

Diálogos da noite passada

Diálogo 1:
Rui: "(...) Mas não tinha espartilho para segurar as mamas! (Kate Middleton)"
Pedro: "Desculpa mas todo o vestido é possível de ser espartilhado!"

Diálogo 2: 
Tiago: "(...) Tinha de tomar banho! Não vinha a cheirar a virilha!"
Igor: " Se calhar ela não sabe o que isso quer dizer!"
Tiago: " Ainda bem! Isso significaria que ela andava com homens badalhocos!"
Eu: " Não, são limpinhos, mas os meus utentes da clínica não eram tanto... Mas isso quer dizer que és porco?"