quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Americanices


Pois eu já estava mesmo à espera que a moda pegasse ao nosso povinho... o momento em que iríamos dar uma de americano...
Hoje no jornal, li que um fulano culpa a Metro do Porto da perda do seu emprego... Parecia uma daquelas notícias estilo os americanos gordos que processam (e ganham!!) as cadeias de fast-food, por os engordar!
Então o sr queixa-se de, na sua habitual rotina para o emprego, ter tido que esperar 35 minutos pelo metro que o levaria da estação da Trindade para a de Campanhã, a fim de apanhar o comboio para a Régua... resultado do incidente? O sr perdeu o seu emprego numa empresa de cruzeiros... O que pede então? O dinheiro de: bilhetes do metro, do bilhete de comboio, valor das chamadas que efectuou para tentar resolver a situação e 50 euros de pagamento de um dia de trabalho...
Vamos então aos factos... A Metro defende-se dizendo que avisou previamente os utentes, que estavam a realizar testes de sinalização (isto não podia ser mais verdade, até porque chega a ser irritante a quantidade de vezes que anunciam qualquer coisa), se o sr faz isto todo o santo dia, então o mais provável é que tenha o passe, e aí tanto faz 2 viagens ou 20 que paga sempre o mesmo, e por último, o melhor: se ele queria assim tanto ir trabalhar, tinha descido os aliados, em cinco minutos a pé estava em S. Bento a apanhar o comboio para a Régua!
Depois disto tudo, resta saber o que terá o homem feito no seu local de trabalho para o despedirem por um simples atraso...
O azar do sr, foi não saber que aqui, ainda não somos americanos e como tal, ninguém (até ver), aceitou defendê-lo!*****

2 comentários:

Clara B disse...

Os americanos até têm os Stella Awards... para casos destes... o vencedor no ano passado, foi o caso de um homem que comprou um Chrysler, com cruise control. A 100km/h na autoestrada, abandonou o volante e foi para o banco de trás preparar--> café!!!!!Ai deuses! Resultado, espatifou-se... mas safou-se, partindo apenas o cotovelo. Processou a Chrysler, e ganhou. A empresa deu-lhe um carro novo, e a partir daí, passou a mencionar em todos os manuais: Não abandonar o local do condutor em modo de cruise control... para totós como este senhor não fazerem das suas...

Strawie disse...

AIIIIIIIIIIIIIIII! Jura???? Meu Deus do céu!!! Bem, nós bem tentamos, graças a Deus é que ninguém está muito virado a dar ouvidos a esta gente!