domingo, 15 de fevereiro de 2009

Rescaldo do dia dos namorados

Ontem foi mais um dia dos namorados... Uns acham que é mais um dia virado para o consumismo, outros não deixam passar o dia, e há ainda, os que parece só se lembrarem de quem têm ao lado, nesta data!
E como tantas outras tradições, também esta se está a perder... este ano, não sei se da crise, da falta de interesse, do ser "encalhado", ou por se terem escondido bem, havia menos casais do que o costume nas ruas... e os que havia, eram maioritariamente de dois tipos: ou estavam com cara de frete por terem de abdicar de um sábado de borga, para estar exclusivamente com o "mais-que-tudo", ou então estavam mais interessados em olhar para as(os) namoradas(os) dos outros!
"Carinho e amor, procuram-se.... oferece-se recompensa a quem os encontrar!"
Bem, quanto ao meu dia, não me posso queixar... aproveitei o dia, oferecemos algo simples (e feito), por nós (porque isso sim tem significado), e ainda aproveitamos para pensar em quem temos ao lado... mas isso, já nós fazemos todos os dias... E o vosso como foi?*****

2 comentários:

Clara B disse...

Bom, passsámos o dia nas limpezas domésticas(!!!), e mais tarde depois de jantar fomos ao cinema, que por sinal estava cheio (havia filas intermináveis para estacionar, comprar bilhetes, e até para entrar para as salas...), pensei até em desistir de comprar bilhete para o próprio dia, pois era ver as sessões a esgotarem-se... mas lá vimos o filme (Slumdog). Curiosamente, vimos montes de parzinhos, elas com flores e balões, e todas "produzidas", e eles com um ar de carneiro mal morto... bom, o amor estava mesmo no ar, pena é ser só neste dia, acho que o amor deve ser celebrado todos os dias...sem excepção. Mas isto sou só eu. beijos *****

Strawie disse...

Naaaaaa! Nada disso Clarinha... somos pelo menos duas... pois a questão é essa... parece que os outros namorados não apreciam este dia... será por não poderem estar no típico sofá de cerveja na mão? Ou por não gostarem de estar sozinhos com elas?? Francamente!
Bem, mas cada um tem o que quer... ou devia dizer, cada um tem quem escolhe?
beijos*****