terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Um olhar de 1000 palavras

Se há coisa que não suporto, são aquelas pessoas que parece que já nasceram mal dispostas. Sempre de sobrolho levantado, quer estejam acompanhadas ou não, no café ou na rua, de dia ou de noite e que à passagem de alguma pessoa, conhecida ou não, fazem cara de frete, como se alguém lhes tivesse pedido opinião!
Mesmo assim, tento não retribuir a antipatia, sento-me na companhia do livro e um café e não fosse eu sentir-me observada por um par de olhos que incomodam por 1000, a minha tarde seria perfeita!
Juro que tento, mas não compreendo a utilidade daquele olhar, mostrar ao mundo inteiro que são antipáticos ou será apenas a única forma que conhecem de observar o que os rodeia? Não sei... e o olhar que me lança é suficiente para perder o interesse e a curiosidade... tal e qual como aqueles homens que apenas sabem (acham eles), conquistar uma mulher pelo abanar de um copo na mão e um sorriso amarelo num bar foleiro, enquanto nos abordam com uma piroseira qualquer do género: " tu és das difíceis", só porque nós não somos cegas ao ponto de não reparar na sua azeiteirice!
Realmente um olhar às vezes vale por 1000 palavras e mesmo assim, acho que nenhuma das 1000 seria suficiente para expressar o ridículo dessas pessoas!*****

3 comentários:

White_Fox disse...

Às vezes esses olhares tornam-se até desconfortáveis.
Há que retribuir para ver se param de vez...
bjs

Strawie disse...

Hmmm já desisti... não mudam... e eu sinceramente prefiro ignorar.. é uma chapada de luva branca para essas pessoas!
Bj

Clara B disse...

Strawie, gostava de te propor um desafio, passa pelo meu estaminé... espero que aceites! beijo grande! Hmmmm hoje estás um bocadinho rabujenta?